Quarta-feira, 7 de Março de 2007
La Chandeleur
“Rossé à la Chandeleur,
Hiver à sa dernière heure”
 
            Chandeleur é uma palavra francesa que vem do latim candela, sendo retomada na expressão festa candelarum, festa das candeias.
          Assim, nas igrejas, as tochas são substituídas por círios bentos que se conservam a acesos, quer para transmitir uma mensagem de luz, quer para afastar as tempestades, a morte, enfim, tudo o que personifique o mal.
            Também pretendem invocar os bons augúrios das sementeiras de Inverno, a fim destas produzirem fartas colheitas, no Verão. Hoje em dia, benzem-se os círios para lembrar a humanidade de que Jesus é a luz do mundo.
            Em França, é típico, neste dia (2 de Fevereiro), a confecção de crepes, recheados com açúcar, canela ou, para os mais gulosos, com chocolate e todo o tipo de compotas… sobre os crepes, diz-se que a sua forma e a sua cor evocam o Sol que regressa, finalmente, após uma longa e fria noite de Inverno.
            Quando se procede à confecção dos mesmos preciso fazê-los saltar, com uma moeda na mão esquerda, pedindo-se um desejo, com o intuito de assegurar prosperidade para todo o ano…
            O Clube de Francês organizou um dia dedicado aos crepes – 2 de Fevereiro -para assinalar essa data e todos tivemos oportunidade de provar e degustar essa especialidade da gastronomia francesa. A actividade foi um sucesso estrondoso!
 
                           Vera Lúcia Oliveira, 7ª A


Publicado por cantinhoaroes às 15:11
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Pesquisar neste blog
 
Abril 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

25 de Abril

Dia da Mãe

Anedota

Dia do Livro e do Direito...

Fafe e Camilo Castelo Bra...

Camilo Castelo Branco

A História da Páscoa

A escola e as novas tecno...

Robot

Robótica

Arquivos

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Links
blogs SAPO